Arquivo da tag: crítica

Percepções da história e da crítica literárias acerca dos desdobramentos do Gótico na literatura brasileira do século XIX e o despontar do século XX (Maurício César Menon)

“Nas últimas décadas parece estar surgindo um interesse maior em torno do estudo da literatura gótica e de seus desmembramentos, como a literatura de terror e a de horror, bem como da forma como se manifestaram em terra brasileira. Este artigo pretende traçar um breve mapeamento sobre as percepções de alguns dos principais historiadores e críticos literários sobre tais manifestações na literatura brasileigothic-1920-1080-wallpaperra. Seja no silêncio a respeito do assunto, seja nos comentários muitas vezes econômicos, as ideias desses estudiosos se revelam e fornecem pistas sobre autores e obras que incorporaram elementos do Gótico europeu e de seus derivados, revelando possíveis caminhos para pesquisas que busquem aprofundar a matéria, bem como revelar seu perfil. Selecionou-se um recorte de tempo, para este estudo, que prioriza o século XIX, pelo fato de a tradição crítica e canônica brasileira não aasileirpontar muito para essa época, quando se trata do tema aqui estudado. Neste estudo, busca-se também elencar, ao longo do texto, uma série de obras, algumas das quais foram relegadas a um segundo plano ou que sequer estiveram em evidência em nossa história literária. Não se pretende aqui trazer respostas dirigidas a estudiosos dessas espécies de narrativa, mas sim contribuir, mesmo que parcialmente, com possíveis estudos sobre formação do cânone nacional.”

Leia o ensaio completo


O temor do além e a subversão do real (Maria da Glória Bordini)

Os preferidos do público foi um caso raro em nossa tradição crítica. Um livro, escrito por professores universitários brasileiros, exclusivamente dedicados aos gêneros literários populares. Publicado em 1987, pela Editora Vozes, a coletânea de ensaios organizada por Regina Zilberman recobria os então chamados “gêneros da literatura de massa”: o horror, a ficção científica, a aventura, o erotismo, o suspense, a narrativa policial, o western e até a literatura infantil ganharam ensaios de autores como Marisa Lajolo e José Paulo Paes.

O capítulo dedicado à literatura de horror foi assinado pela Professora da UFRGS Maria da Glória Bordini. Tomamos aqui a liberdade de disponibilizá-lo, no link abaixo. Não é nossa intenção desrespeitar direitos autorais, apenas tornar acessível aos  interessados na relação entre medo e literatura um ensaio há muito esgotado.

Leia o ensaio completo