Arquivo da tag: Boto

Um convite ao excesso: monstruosidade e perversão em “O Baile do Judeu”, de Inglês de Sousa (Raphael Camara)

“(…) Talvez o ambiente que melhor se encaixe nesta descrição seja a Amazônia.baile-campos-eliseos_1865 Suas terras inexploradas, tribos exóticas, animais ferozes, enfermidades desconhecidas e obstáculos terríveis que a própria natureza proporciona são fonte de mistério e maravilhamento, abrindo um amplo leque de possibilidades a serem exploradas pelos ficcionistas. De fato, boa parte dos seres fantásticos e mitos populares de nossa cultura parecem encontrar moradia exatamente nas regiões que abrangem a Amazônia, tornando-a local ideal para inúmeras narrativas que possuam o sobrenatural como tema. (…)”

Leia o ensaio completo


O Baile do Judeu (Inglês de Sousa)

“(…) As risadas e exclamações ruidosas dos convidados, o tropel dos novos espectadores, que chegavam em chusma do interior da casa e da rua, acotovelando-se para ver por sobre a cabeça dos outros; sonatCozy-Classics-English-Country-Dancingas discordantes do violão, da rabeca e da flauta e, sobretudo, os grunhidos sinistramente burlescos do sujeito de chapéu desabado, abafavam os gemidos surdos da esposa de Bento de Arruda, que começava a desfalecer de cansaço e parecia já não experimentar prazer algum naquela dança desenfreada que alegrava tanta gente. (…) “

Leia o conto completo