Arquivo da categoria: Frases

Frases (XII)

Gavin-two001-300x194“O Gótico é um sofisticado barbarismo. É a paixão pela vida algemada ao simbolismo da morte. É um amor cínico. É o casamento de extremos como a morte e sexo. Usa a escuridão para iluminar. Acredita que toda obrigação é em vão, e que toda vaidade é uma obrigação. É a compulsão de fazer a coisa errada por todas as razões corretas. É a ânsia nostálgica dos dias negros de um passado que nunca existiu. O Gótico nega a realidade ortodoxa e tem fé no fictício. É o diabólico, o sinistro, o anormal.”

Gavin Baddeley. Goth Chic.


Frases (XI)

william-shakespeare“Horror, horror, horror! Não pode a língua nem o coração conceber-te, nem dar-te nome algum.”

MacDuff, diante do corpo assassinado de Duncan.

William Shakespeare. Macbeth.


Frases (X)

images“As vítimas de Eichmann eram ‘pessoas como nós’. Mas também o eram – nem é bom pensar nisso – muitos dos executores comandados por ele, os carniceiros delas. (…) Os dois pensamentos transpiram terror. Mas enquanto o primeiro deles é um chamado à ação, o segundo é inutilizante e imobilizador, murmurando nos ouvidos que esse tipo de resistência ao mal é em vão. Talvez seja por isso que apresentemos tanta resistência ao segundo. Um medo genuína e irremediavelmente insustentável é o da invencibilidade do mal.”

Zygmunt Bauman. Medo líquido.


Frases (IX)

guillermo_del_toro_book_4100“Aprender sobre as coisas das quais temos medo é aprender sobre quem somos. O horror define nossos limites e ilumina nossas almas. Nesse sentido, ele não é diferente ou menos controverso do que o humor, nem menos íntimo do que o sexo. Nossa rejeição ou nossa aceitação de um tipo específico de ficção de horror pode ser tão nobre ou tão pervertida como qualquer outra fobia ou qualquer outro fetiche.”

Guillermo del Toro. “Haunted castles, dark mirrors”.


Frases (VIII)

“Colocar essas coisas no papel dá um certo alívio. (…) É um tipo de seguro contra o futuro. Quando conseguimos imaginar o pior que pode acontecer e materializamos isso em uma narrativa, sentimos como se obstruíssemos a marcha do destino, como se tivéssemos nos vacinado, de certa forma, contra o desastre.”

L.P. Hartley. Night Fears.


Frases (VII)

Glen_Barclay“Em épocas quando a censura ou as convenções conseguem dissuadir os escritores de lidarem com certas situações humanas, os temas do oculto oferecem um estoque de imagens que podem ser utilizadas para transmitir, simbolicamente, aquilo que não pode ser apresentado de forma literal.”

Glen St. John Barclay. Anatomy of Horror: the Master of Occult Fiction.


Frases (VI)

Richard Matheson“Suas necessidades são mais chocantes do que as dos outros animais ou as do homem? Seus atos são mais ultrajantes que os dos pais que drenam o espírito de suas crianças? O vampiro pode provocar taquicardia e causar arrepios. Mas será ele pior que o pai que dá à sociedade o filho neurótico que se tornará um político? Será ele pior que o empresário que faz caridades tardias com o dinheiro que ganhou vendendo bombas e armas para nacionalistas suicidas? Será ele pior que o fabricante que destila suco de cereal fermentado para estupidificar ainda mais os cérebros daqueles que, sóbrios, são incapazes de um pensamento progressista? (…) Será ele pior, então, que o editor que enche as onipresentes estantes desejos de luxúria e morte? Examine sua consciência, queridinho: será o vampiro assim tão mau?”

Richard Matheson. I am legend.


Frases (V)

mAmd9i1Naj4_x1JuQ-GbgaA“Para aqueles que não as leem, as narrativas de horror são um tipo de pornografia, que provoca calafrios ao invés de ereções. E o leitor que parece ter prazer com tais sensações – bem, esse não passaria de um masoquista emocional, o escravo de uma droga maligna, um animal psicótico e decadente.”

David Aylward. “The Revenge of the Past: The Cultural Meaning of Supernatural Literature” in Borderland: Dark fantasy. Vol. 1, No. 2.


Frases (IV)

Howard_Phillips_Lovecraft“A emoção mais antiga e mais forte da humanidade é o medo, e o tipo de medo mais antigo e mais poderoso é o medo do desconhecido.”

H. P. Lovecraft. Supernatural horror in literature.


Frases (III)

shelley“Eu, de minha parte, tentava pensar numa história (…) que pudesse trazer à tona os medos secretos de nossa natureza e que despertasse um terror capaz de nos fazer estremecer – uma história que deixasse o leitor com medo de olhar ao seu redor, que lhe enregelasse o sangue e lhe acelerasse as batidas do coração. Se eu não atingisse esses objetivos, minha história de terror não seria digna do nome.”

Mary Shelley. “Introdução” a Frankenstein.