Arquivo da categoria: Frases

Frases (XV)

Photo credit © 1978 Jill Krementz“É comum dizerem que O exorcista beneficiou-se da onda de popularidade causada pelo súbito interesse do público pelo oculto. Mas onde estava essa onda à época em que O bebê de Rosemary foi publicado? Onde estava todo esse interesse quando incontáveis romances sobre o oculto foram publicados? Estava no lugar que sempre esteve, o mesmo em que esteve quando Frankenstein apareceu. A tal ‘súbita’ onda de ‘inexplicável’ interesse pelo oculto tem nos acompanhado desde que os homens sentaram-se em volta da fogueira”.

William Peter Blatty. Entrevista a Douglas Winter em Faces of Fear; Encounters with the Creators of Modern Horror.


Frases (XIV)

robert-bloch-2“O verdadeiro horror não se esconde nas sombras, mas naquele pequeno mundo distorcido dentro de nossa própria cabeça.”

Robert Bloch. Entrevista a Douglas Winter em Faces of Fear; Encounters with the Creators of Modern Horror.


Frases (XIII)

“Qualquer fazedor de capa de revista pode espalhar tinta a esmo e chamar aquilo de pesadelo, Sabá das Bruxas ou retrato do diabo mas só umlovecraft grande pintor pode fazer uma coisa assustar ou parecer verdadeira. Isso porque só o verdadeiro artista conhece a verdadeira anatomia do terrível ou a fisionomia do medo – o tipo exato de linhas e proporções que se associam mentalmente a instintos latentes e memórias hereditárias de pavor, e os contrastes de cor e efeitos de iluminação certos para estimular o senso de estranheza adormecido. Não preciso lhe dizer por que um Fuseli realmente provoca um arrepio enquanto uma figura de capa de uma história de fantasmas barata só nos faz rir. Existe algo que essas pessoas captam – além da vida – que conseguem nos fazer captar por um instante.”

H. P. Lovecraft. “Pickman’s Model”.


Frases (XII)

Gavin-two001-300x194“O Gótico é um sofisticado barbarismo. É a paixão pela vida algemada ao simbolismo da morte. É um amor cínico. É o casamento de extremos como a morte e sexo. Usa a escuridão para iluminar. Acredita que toda obrigação é em vão, e que toda vaidade é uma obrigação. É a compulsão de fazer a coisa errada por todas as razões corretas. É a ânsia nostálgica dos dias negros de um passado que nunca existiu. O Gótico nega a realidade ortodoxa e tem fé no fictício. É o diabólico, o sinistro, o anormal.”

Gavin Baddeley. Goth Chic.


Frases (XI)

william-shakespeare“Horror, horror, horror! Não pode a língua nem o coração conceber-te, nem dar-te nome algum.”

MacDuff, diante do corpo assassinado de Duncan.

William Shakespeare. Macbeth.


Frases (X)

images“As vítimas de Eichmann eram ‘pessoas como nós’. Mas também o eram – nem é bom pensar nisso – muitos dos executores comandados por ele, os carniceiros delas. (…) Os dois pensamentos transpiram terror. Mas enquanto o primeiro deles é um chamado à ação, o segundo é inutilizante e imobilizador, murmurando nos ouvidos que esse tipo de resistência ao mal é em vão. Talvez seja por isso que apresentemos tanta resistência ao segundo. Um medo genuína e irremediavelmente insustentável é o da invencibilidade do mal.”

Zygmunt Bauman. Medo líquido.


Frases (IX)

guillermo_del_toro_book_4100“Aprender sobre as coisas das quais temos medo é aprender sobre quem somos. O horror define nossos limites e ilumina nossas almas. Nesse sentido, ele não é diferente ou menos controverso do que o humor, nem menos íntimo do que o sexo. Nossa rejeição ou nossa aceitação de um tipo específico de ficção de horror pode ser tão nobre ou tão pervertida como qualquer outra fobia ou qualquer outro fetiche.”

Guillermo del Toro. “Haunted castles, dark mirrors”.