Crônica da Casa Assassinada: a desconstrução do espaço e dos sujeitos (Ângelo Pereira da Fonseca Neto)

Resultado de imagem para mansão dos menezes lucio cardoso“Este trabalho propõe analisar o romance Crônica da Casa Assassinada, de Lúcio Cardoso, nas relações estabelecidas entre o espaço da Casa e as personagens que compõem o enredo da trama. Segundo se percebe, e tendo-se em vista que esse romance dialoga intimamente com questões relativas ao mal, considera-se que a desarticulação material da Casa pode ser lida como uma metáfora da degradação moral da família Meneses.”

Leia o ensaio completo aqui.

(*)Esse ensaio foi publicado originalmente na Revista Revele, n. 7. Republicamos aqui, com autorização do próprio autor, com fins puramente acadêmicos.

 

Sobre William Wilson

"Eu descendo de uma raça que se distinguiu, em todos os tempos, por um temperamento criativo e facilmente irritável; e que, desde a minha infância, provou que eu herdara por completo o caráter de minha família." Ver todos os artigos de William Wilson

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: