William Blake e a questão do mal na literatura contemporânea (Andrio J. R. dos Santos)

william-blake-the-marriage-of-heaven-and-hell“O ímpeto subversivo, assomado ao discurso “infernal” de seus livros proféticos, contribuiu para que William Blake fosse compreendido como um artista pertencente ao “Partido do Diabo”. Por outro lado, alguns escritores intentaram recuperar as ideias de Blake e empregá-las em suas obras, para discutir o problema do mal na contemporaneidade. Desse modo, intento discutir obras influenciadas pela crítica blakeana a “Lei Moral”, por sua concepção de mal, assim como por suas noções demoníacas e satânicas”

Leia o ensaio completo aqui.

(*)Esse ensaio foi publicado originalmente na Revista Acadêmica Todas as Musas, n.2 (2018). Republicamos aqui, com autorização do próprio autor, com fins puramente acadêmicos.

Sobre William Wilson

"Eu descendo de uma raça que se distinguiu, em todos os tempos, por um temperamento criativo e facilmente irritável; e que, desde a minha infância, provou que eu herdara por completo o caráter de minha família." Ver todos os artigos de William Wilson

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: