“Meu tio, o Iauaretê” (Guimarães Rosa)

Resultado de imagem para onça preta ilustração“- Hum? Eh-eh… É. Nhor sim. Ã-há, quer entrar, pode entar… Hum, hum. Mecê sabia que eu moro aqui? Como é que sabia? Hum-hum… Eh. Nhor não, n’t, n’t… Cavalo seu é esse só? Ixe! Cavalo ta manco, aguado. Presta mais não. Axi… Pois sim. Hum, hum. Mecê enxergou este foguinho meu, de longe? É. A’pois. Mecê entra, ce pode ficar aqui.”

Leia o conto completo aqui.

Anúncios

Sobre William Wilson

"Eu descendo de uma raça que se distinguiu, em todos os tempos, por um temperamento criativo e facilmente irritável; e que, desde a minha infância, provou que eu herdara por completo o caráter de minha família." Ver todos os artigos de William Wilson

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: