A humanização do monstro no seriado televisivo Penny Dreadful (Enéias Farias Tavares e Bruno Anselmi Matangrano)

penny-dreadful-season-3-poster“Neste artigo, analisaremos a série televisiva Penny Dreadful, produzida pelo canal norte-americano Showtime entre 2014 e 2015. Nossa leitura demonstrará como o roteirista John Logan revisita monstros clássicos da literatura vitoriana para propor relevantes discussões sociais. Para tanto, escolhemos dois eixos interpretativos, centrados em pares de personagens e suas interações, abordando os temas da identidade e alteridade e as dúbias definições de gênero e afetividade, recorrendo a autores como David Roas, Julio Jeha e José Gil e ao livro de Sharon Gosling, que apresenta entrevistas com o elenco e criadores.”

Leia o ensaio completo

(*)Esse ensaio foi publicado originalmente na Revista Abusões, nº 02. Republicamos aqui, com autorização dos próprios autores, com fins puramente acadêmicos.

Anúncios

Sobre William Wilson

"Eu descendo de uma raça que se distinguiu, em todos os tempos, por um temperamento criativo e facilmente irritável; e que, desde a minha infância, provou que eu herdara por completo o caráter de minha família." Ver todos os artigos de William Wilson

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: