O Espaço do Feminino no Gótico Sertanejo de Bernardo Élis (Yasmin da Silva Rocha)

15a2e840cc233544cc47fb9a3601181c“A figura feminina, como se vê historicamente, está sempre representada como um ser misterioso e instigante, além de ser recorrente para a figura feminina estar associada ao profano e à causa principal da queda do homem (DOTTIN-ORSINI, 1996, p. 14). Sendo assim, realizaremos aqui alguns apontamentos sobre como a figura feminina tem sido constituída e representada historicamente em textos, assim como sua representação na mitologia, na era medieval e vitoriana dos séculos XVIII e XIX, e como esses elementos aparecem refletidos na literatura fantástica brasileira no conto ‘O Caso Inexplicável da Orelha de Loló’ (1944), do brasileiro Bernardo Élis, e na ‘A Queda da Casa de Usher’ (1839), do norte-americano Edgar Allan Poe.”

Leia o ensaio completo

 (*) Esse ensaio foi publicado originalmente em 2014 nos Anais do II Congresso Internacional Vertentes do Insólito Ficcional. Republicamos aqui, com autorização da própria autora, com fins puramente acadêmicos.

Anúncios

Sobre William Wilson

"Eu descendo de uma raça que se distinguiu, em todos os tempos, por um temperamento criativo e facilmente irritável; e que, desde a minha infância, provou que eu herdara por completo o caráter de minha família." Ver todos os artigos de William Wilson

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: