Em carne viva: corpo, sexo e horror na literatura brasileira (Daniel Augusto P. Silva)

3-splatter-blood1“Uma das características mais frequentemente ressaltadas nos estudos sobre a ficção de horror é sua capacidade de desencadear reações físicas em seu público, tais como o medo e a repulsa. Mais do que frutos de subjetividades e idiossincrasias da recepção, esses efeitos seriam o resultado das próprias construções artísticas do gênero. Por esse motivo, é comum a classificação da literatura de horror como um gênero corporal, que teria como finalidade despertar respostas fisiológicas no leitor. Na mesma categoria, é comumente agrupada a pornografia, cujo propósito seria o de causar excitação. A partir dessa linha de pensamento baseada sobretudo nas reações corporais suscitadas, seria possível aproximar o horror da ficção de cunho erótico. A ligação entre os dois não é, aliás, nada rara: a literatura calcada no medo, tributária do gótico do século XVIII, apresenta em si mesma várias temáticas e transgressões sexuais. Muitas vezes, inclusive, o horror é associado a deteriorações físicas e mentais de cunho sexual. Assim, o presente trabalho tem como objetivos, primeiramente, refletir sobre as ligações na literatura entre sexo, horror e corpo e, em seguida, analisar de que maneira essas relações são estabelecidas em obras brasileiras da metade do século XIX ao início do XX. Para tal, esse estudo basear-se-á em narrativas como Violação (1898), de Rodolfo Teófilo, “Maibi” (1908), de Alberto Rangel e “O Juramento” (1932), de Humberto de Campos.”

Leia aqui o ensaio completo

(*) Esse ensaio foi publicado originalmente nos Anais do CENA IV, v.2. Republicamos aqui, com autorização do próprio autor, com fins puramente acadêmicos

Anúncios

Sobre William Wilson

"Eu descendo de uma raça que se distinguiu, em todos os tempos, por um temperamento criativo e facilmente irritável; e que, desde a minha infância, provou que eu herdara por completo o caráter de minha família." Ver todos os artigos de William Wilson

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: