Terror e crime na literatura brasileira finissecular (Pedro Sasse)

destroyed_city_by_nacho3-d73xc32“O presente estudo analisa o surgimento de uma vertente da literatura de crime no Brasil em um período que vai da segunda metade do século XIX até o começo do século XX. É parte do projeto de estabelecer, no campo da literatura brasileira tradicional, um corpus de ―literatura de medo‖, ou seja, um conjunto de narrativas ficcionais que mantêm, como elemento comum, a capacidade de representar ficcionalmente os medos reais e/ou produzir, como efeito de leitura, o medo estético. Propõe-se nesta dissertação a hipótese de que houve, no Brasil, uma tradição de obras ficcionais centrada em personagens criminosos. São utilizados como fundamentação teórica o modelo de Horror artístico do filósofo da arte Noël Carroll e os estudos sobre o medo do sociólogo polonês Zygmunt Bauman. Desenvolve-se, ainda, uma descrição da trajetória histórica da ficção de crime tradicional, buscando encontrar nela elementos que fortaleçam sua proximidade com o medo artístico. Procurou-se, então, buscar as raízes desse gênero na literatura brasileira, investigando obras que dialogavam com essa temática tanto na ficção popular quanto na produção canônica da época. Por último, a fim de aplicar os resultados alcançados ao longo deste estudo, fez-se uma leitura analítica de obras cronísticas e ficcionais do jornalista e escritor carioca João do Rio, apontando nelas elementos que colaborem para enquadrá-lo como autor exemplar dessa vertente da literatura brasileira de medo.”

Leia a dissertação completa

Anúncios

Sobre William Wilson

"Eu descendo de uma raça que se distinguiu, em todos os tempos, por um temperamento criativo e facilmente irritável; e que, desde a minha infância, provou que eu herdara por completo o caráter de minha família." Ver todos os artigos de William Wilson

Uma resposta para “Terror e crime na literatura brasileira finissecular (Pedro Sasse)

  • Terror e crime na literatura brasileira finisse...

    […] "O presente estudo analisa o surgimento de uma vertente da literatura de crime no Brasil em um período que vai da segunda metade do século XIX até o começo do século XX. É parte do projeto de estabelecer, no campo da literatura brasileira tradicional, um corpus de ―literatura de medo‖, ou seja, um conjunto de narrativas…  […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: