República Velha, decadente e colonial: configurações do gótico brasileiro finissecular (Alexander Meireles da Silva)

319099-dark-city“Assim como na Inglaterra de fins do século dezoito, onde a contestação da hegemonia do racionalismo iluminista promoveu o resgate do caráter imaginativo do romance por meio do gótico, o Brasil da virada do século dezenove para o vinte, marcado pela prevalência do discurso científico progressista, também fomentou a irrupção de narrativas cuja estrutura e temáticas guardaram semelhanças com a literatura gótica praticada na Europa. Mas como se deu a manifestação desta vertente do modo fantástico em nossas letras? Como as particularidades geográficas e culturais brasileiras afetaram sua forma? Estes são alguns dos questionamentos que vem norteando esta pesquisa em andamento.”

Leia aqui o ensaio completo

(*) Esse ensaio foi publicado originalmente em Vertentes do Insólito Ficcional. Republicamos aqui, com autorização do próprio autor, com fins puramente acadêmicos

Anúncios

Sobre William Wilson

"Eu descendo de uma raça que se distinguiu, em todos os tempos, por um temperamento criativo e facilmente irritável; e que, desde a minha infância, provou que eu herdara por completo o caráter de minha família." Ver todos os artigos de William Wilson

Uma resposta para “República Velha, decadente e colonial: configurações do gótico brasileiro finissecular (Alexander Meireles da Silva)

  • República Velha, decadente e colonial: c...

    […] "Assim como na Inglaterra de fins do século dezoito, onde a contestação da hegemonia do racionalismo iluminista promoveu o resgate do caráter imaginativo do romance por meio do gótico, o Brasil da virada do século dezenove para o vinte, marcado pela prevalência do discurso científico progressista, também fomentou a irrupção de narrativas cuja estrutura e temáticas guardaram semelhanças com…  […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: