O Caso de Ruth (Júlia Lopes de Almeida)

Publicado por Júlia Lopes de Almeida em 1903, na coletânea de contos intitulada Ânsia Eterna, “O Caso de Ruth” se inicia com o pedido de casamento proposto por Eduardo Jordão à protagonista que dá nome ao conto. Ruth é descrita como uma jovem de 23 anos, recatada, bem instruída, “pura demais para viver na terra”. Ao que tudo indica, ela parece guardar profundos sentimentos por seu pretendente, e, justamente por isso, antes de firmar o acordo de casamento, revela a ele um terrível segredo de seu passado: “Eu não sou pura!” – confessa a personagem –  “Amo-o muito para o enganar. Eu não sou pura!”.

 A confissão colocará em xeque o futuro matrimônio, e, através dela, Júlia Lopes de Almeida revela o quão frágeis podem ser as relações familiares, e, também, quão aterrorizante pode ser a vivência da mulher em sociedade. Dentro do casarão “sombrio, monótono e saudoso” que serve de espaço narrativo, Ruth e seu noivo serão vítimas do fantasmagórico retorno do passado, marcado pela crueldade e pela violência – passado este que acabará por definir um destino nada otimista para ambos os personagens.

Nesse sentido, o conto de Júlia Almeida não só se utiliza das convenções próprias da ficção gótica, como também se insere em um viés particular desta literatura: a tradição do Gótico feminino, cuja principal característica é retratar no plano da ficção as ansiedades e os horrores relativos ao universo da mulher.

Leia aqui o conto “O Caso de Ruth”

Anúncios

Sobre William Wilson

"Eu descendo de uma raça que se distinguiu, em todos os tempos, por um temperamento criativo e facilmente irritável; e que, desde a minha infância, provou que eu herdara por completo o caráter de minha família." Ver todos os artigos de William Wilson

Uma resposta para “O Caso de Ruth (Júlia Lopes de Almeida)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: