As ruínas da Glória e o Gótico Sublime de Fagundes Varela (João Pedro Bellas)

“Reconhecido pela tradição quase que exclusivamente no por sua obra lírica, Fagundes Varella teve sua incursão pela prosa ainda pouco lida pelo grande público e pouco explorada pela crítica brasileira. Seus contos, publicados em meados do século XIX, possuem elementos comuns ao romantismo inglês, sobretudo o de influxo gótico.kartandtinki1_ruins-wallpaper_02 Selecionamos a narrativa ‘Ruínas da Glória‘ com vistas a analisar como se realizam os elementos góticos em tal texto. Para tanto, parte-se da noção de que o autor, assim como os escritores românticos ingleses, fez uso do sublime como efeito estético de recepção, baseando-se sobretudo na ficção gótica do século XVIII. Por esse motivo, a principal referência teórica é a teoria do sublime de Edmund Burke, apresentada na obra Uma investigação filosófica sobre a origem de nossas ideias do sublime e do belo. As análises do filósofo irlandês são bastante profícuas para uma abordagem no campo do gótico, uma vez que ele propõe uma ligação estrita entre o conceito estético de sublime e a ideia de terror. Sendo assim, se bem sucedida a proposta desse ensaio, espera-se delimitar satisfatoriamente as principais características que tornam ‘Ruínas da Glória‘ uma obra gótica e qual o papel do sublime em sua construção ficcional.”

Leia o ensaio completo

Anúncios

Sobre William Wilson

"Eu descendo de uma raça que se distinguiu, em todos os tempos, por um temperamento criativo e facilmente irritável; e que, desde a minha infância, provou que eu herdara por completo o caráter de minha família." Ver todos os artigos de William Wilson

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: