A Poética do Sinistro: pela criação de um espaço gótico em Dracula, de Bram Stoker (Luciana Moura Colucci e Nivaldo Fávero Neto)

“Com o recente sucesso da saga literário-cinematográfica Crepúsculo (2005, 2008), a contemporaneidade presencia o renascimento do mito do vampiro, que há séculos tem fascinado o homem do oriente ao ocidente. O vampiro teve com Dracula (1897), de Bram Stoker (1847-1912), seu amadurecimento enquant1947124-castledracula1500o personagem ficcional configurada sob a ótica da vilania gótica. Diferentemente de muitos estudos já publicados acerca da obra, que enfocam temáticas relativas à psicanálise e aos estudos culturais, neste, abordaremos Dracula sob uma perspectiva formalista no sentido de problematizar a categoria do espaço, a qual, segundo Antônio Dimas (1994, p. 5) pode assumir estatuto tão importante quanto os outros componentes da narrativa. Assim, nosso objetivo é entender, por meio da análise dos cenários mais importantes, a poética de criação da categoria espacial gótica associada à personagem vampiresca, tendo em mente as particularidades da ficção fantástica literária de vertente gótica.”

Leia o ensaio completo

Anúncios

Sobre William Wilson

"Eu descendo de uma raça que se distinguiu, em todos os tempos, por um temperamento criativo e facilmente irritável; e que, desde a minha infância, provou que eu herdara por completo o caráter de minha família." Ver todos os artigos de William Wilson

Uma resposta para “A Poética do Sinistro: pela criação de um espaço gótico em Dracula, de Bram Stoker (Luciana Moura Colucci e Nivaldo Fávero Neto)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: