O espaço gótico em “A máscara da morte rubra” (Luciana Moura Colucci de Camargo e Ozíris Borges Filho)

a-mc3a1scara-da-morte-rubra“Neste trabalho, analisamos o conto de Edgar Allan Poe, A máscara da morte rubra, focalizando principalmente a categoria do espaço. Como suporte teórico, partimos da proposta da Topoanálise que foi desenvolvida a partir das idéias de Bachelard, Iuri Lotman, Osman Lins entre outros. Juntamente com a Topoanálise, também recorremos ao ensaio de Poe intitulado Filosofia do mobiliário. Em nossa análise, verificamos que o percurso espacial do texto se divide principalmente pela coordenada da interioridade, dividindo-se então em exterior vs. interior. Temos o país como um espaço englobante e externo e, como espaço englobado e interior aparece a abadia para onde o duque foge com sua corte. A partir dessa espacialidade, a narrador nos apresenta um enredo politópico que tematiza principalmente a fugacidade da vida e a inexorabilidade da morte.”

Leia o ensaio completo

Anúncios

Sobre William Wilson

"Eu descendo de uma raça que se distinguiu, em todos os tempos, por um temperamento criativo e facilmente irritável; e que, desde a minha infância, provou que eu herdara por completo o caráter de minha família." Ver todos os artigos de William Wilson

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: