O medo que habita o sertão: a presença do Gótico nos contos “À beira do pouso” e “Pelo Caiapó velho”, de Hugo de Carvalho Ramos (Fabianna Simão Belizzi Carneiro)

“Este trabalho aborda a manifestação da literatura gótica no interior do Brasil, mais especificamente no Estado de Goiás. Será levantada a presença desta vertente do modo fantástico, tendo como corpus dois contos do escritor goiano Hugo de Carvalho Ramos: ‘À beira do pouso‘ e ‘Pelo caiapó velho’ por_do_sol_no_sert_opublicados em 1912 e 1917, respectivamente. A análise desses dois contos mostra-se relevante por ser pequena a quantidade de pesquisas que abordam a produção de Ramos, principalmente estudos que trazem análises da obra do autor à luz da vertente gótica. O Gótico ressalta, dentre outros fatores, a fala de personagens colocadas às margens, portanto este estudo objetiva avaliar em que medida as duas narrativas de Hugo de Carvalho Ramos revelam a presença de um discurso “imperialista” expresso por indivíduos pertencentes à elite rural em oposição ao discurso insólito dos moradores locais – permeado por assombramentos, superstições e crendices. Trata-se de uma pesquisa analítica sustentada por fontes bibliográficas que serão devidamente referenciadas ao longo da escrita do texto.”

Leia o ensaio completo

Anúncios

Sobre William Wilson

"Eu descendo de uma raça que se distinguiu, em todos os tempos, por um temperamento criativo e facilmente irritável; e que, desde a minha infância, provou que eu herdara por completo o caráter de minha família." Ver todos os artigos de William Wilson

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: