Romance de Sensação: os monstros morais de “A Emparedada da Rua Nova” (Daniel Augusto P. Silva)

“Entre o final do século XIX e o início do XX, mudanças foram promovidas na forma como a literatura brasileira era feita e divulgada. Esse período possui relações com a chamada Pulp Era, um momento de criação literária nos Estados Unidos em que houve um barateamento dos custos de produção, de edição e de compra de livros e revistas. No Brasil, circulavam diversos romances voltados ao gosto popular com edições baratas e preços bastante acessíveis, os chamados romances de sensação. Os temas literários diversificaram-se, tornando-se comuns assuntos característicos da pulp fiction, como sexo, violência e crimes. Nesses livros, é possível perceber como os limites éticos daquela sociedade eram postos em foco, tanto para demarcá-los quanto para espelhar uma atração pelo interdito. Nesse sentido, percebe-se que são criados verdadeiros monstros morais, cujas atitudes suspendem as normas de conduta aceitas pela sociedade. A Emparedada da Rua Nova, romance-folhetim escrito pelo pernambucano Carneiro Vilela (1846-1913), também causou impacto nos leitores ao retratar o emparedamento de uma mulher, grávida, por seu próprio pai. Com personagens que agem, diversas vezes, fora das regras sociais estabelecidas, trata-se de um bom exemplo de romance de sensação que também se enquadra na noção de literatura do medo brasileira.”

Leia o ensaio completo

Anúncios

Sobre William Wilson

"Eu descendo de uma raça que se distinguiu, em todos os tempos, por um temperamento criativo e facilmente irritável; e que, desde a minha infância, provou que eu herdara por completo o caráter de minha família." Ver todos os artigos de William Wilson

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: