Chamada para publicação – (Re)leituras do Gótico Literário

Fernando Monteiro de Barros (UERJ-FFP) e Júlio França (UERJ-ILE) estão organizando o número 27 da Revista SOLETRAS, dedicado às (Re)Leituras do Gótico literário. O prazo final para envio de artigos é 20 de maio de 2014.

Surgida no limiar da modernidade iluminista com o romance The castle of Otranto, de Horace Walpole, publicado em 1764, a literatura gótica, considerada um gênero despretensioso e menor por certa parte da crítica literária ao longo dos anos, tem se revelado duradoura como a própria modernidade dentro da qual se engendrou, o que se confirma nas sucessivas reedições e atualizações do gênero até os dias de hoje, tanto na literatura quanto nos diversos meios de comunicação. No cenário globalizado e pluralizado da contemporaneidade, categorias do Gótico exógenas ao cenário europeu, como o “American Gothic” e o “Southern Gothic”, vêm ocupando espaço nos trabalhos acadêmicos em um movimento de hibridismo cultural no qual a hegemonia do centro passa a conviver com a pluralidade das margens. De Frankenstein a Crepúsculo, de Bram Stoker a Lúcio Cardoso, o presente dossiê propõe, em uma perspectiva tanto transcultural quanto transdiscursiva, um amplo espectro de leituras e releituras do gênero em suas diversas aparições nesses 250 anos de sua permanência na literatura, na cultura e no imaginário do mundo ocidental.

http://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/soletras/announcement/view/103

∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞∞

Call for Papers

NUMBER: 27, January-July 2014

DOSSIE: (Re)Readings of literary Gothic

EDITORS: Fernando Monteiro de Barros (UERJ – FFP) and Júlio França (UERJ – ILE)

SUBMITIONS: deadline may 20 2014

(Re)Readings of literary Gothic: born on the outset of Enlightenment modernity with the publication of the novel The Castle of Otranto, by Horace Walpole, in 1754, gothic literature, by many considered a minor and unpretentious literary genre throughout the years, has proven to be as everlasting as the modernity from which it sprang, as attested by the many editions and updates of the genre until this day, both in literature and in other media. Besides, in the contemporary scenario, globalized and multicultural as it is, categories of Gothic external to European settings, such as “American Gothic” and “Southern Gothic”, have been receiving academic attention by scholars, in a process of cultural hybridization in which the hegemony of the center has to deal with the plurality of the margins. From Frankenstein to Twilight, from Bram Stoker to Brazilian writer Lúcio Cardoso, this thematic section aims to render a wide scope of readings and re-readings of the gothic genre, both from a cross-cultural and a cross-discursive perspective, as 2014 marks 250 years of gothic permanence in Western imagery, literature and culture.

http://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/soletras/announcement/view/103

Anúncios

Sobre William Wilson

"Eu descendo de uma raça que se distinguiu, em todos os tempos, por um temperamento criativo e facilmente irritável; e que, desde a minha infância, provou que eu herdara por completo o caráter de minha família." Ver todos os artigos de William Wilson

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: