A figura do vampiro em obras de escritoras do final do século XX (Fernanda Sousa Carvalho)

“Vampiros sempre foram usados na literatura como símbolos da transgressão de normas e da subversão de papéis sociais, inclusive daqueles relacionados às questões de sexualidade, gênero e raça. Em consonância com teorias que postulam que essas questões estão interrelacionadas na construção de identidades, este trabalho demonstra como obras de escritoras do final do século XX as discutem explorando o potencial de representação de alteridade do vampirismo. Para tanto, são analisados aqui o conto ‘The Lady of the House of Love’, de Angela Carter, e os romances The Queen of the Damned, de Anne Rice, e The Gilda Stories, de Jewelle Gomez.”

Leia o ensaio completo

Anúncios

Sobre William Wilson

"Eu descendo de uma raça que se distinguiu, em todos os tempos, por um temperamento criativo e facilmente irritável; e que, desde a minha infância, provou que eu herdara por completo o caráter de minha família." Ver todos os artigos de William Wilson

Uma resposta para “A figura do vampiro em obras de escritoras do final do século XX (Fernanda Sousa Carvalho)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: