Elementos decadentistas em “O estranho caso de Dr Jekyll e Mr Hyde” (Alexander Meireles da Silva)

“(…) a novela de Robert Louis Stevenson O estranho caso de Dr. Jekyll e Mr Hyde possui elementos que permitem sua leitura como uma obra Decadentista inglesa. Escrito apenas dois anos depois de À rebours tumblr_mche8cfdfq1r2w8eqo1_500 a partir dos pesadelos de toda uma vida marcada pelo conflito entre o rígidos e hipócritas códigos sociais vitorianos e um espírito boêmio subjugado pela saúde deteriorada e pelos valores burgueses da época, a narrativa de Stevenson é, nas palavras do romancista inglês John Fowles ‘o guia por excelência da Era Vitoriana’, dada a sua capacidade de refletir a fragmentação do homo oeconomicus perante as labirínticas questões postadas pelo cenário finissecular. Por esta razão, além de se colocar como um representante da revitalização da literatura gótica em fins do século XIX ao lado de Drácula e do próprio O retrato de Dorian Gray, Dr Jekyll e Mr Hyde também demonstra como o Decadentismo encontrou suas primeiras manifestações na prosa da literatura inglesa vitoriana vindo a se tornar mais uma fonte de influência para Oscar Wilde.”

Leia o ensaio completo

Anúncios

Sobre William Wilson

"Eu descendo de uma raça que se distinguiu, em todos os tempos, por um temperamento criativo e facilmente irritável; e que, desde a minha infância, provou que eu herdara por completo o caráter de minha família." Ver todos os artigos de William Wilson

Uma resposta para “Elementos decadentistas em “O estranho caso de Dr Jekyll e Mr Hyde” (Alexander Meireles da Silva)

  • Elementos decadentistas em "O estranho cas...

    […] "(…) a novela de Robert Louis Stevenson O estranho caso de Dr. Jekyll e Mr Hyde possui elementos que permitem sua leitura como uma obra Decadentista inglesa. Escrito apenas dois anos depois de À rebours a partir dos pesadelos de toda uma vida marcada pelo conflito entre o rígidos e hipócritas códigos sociais vitorianos e um espírito boêmio subjugado pela saúde deteriorada e pelos valores burgueses da época, a narrativa de Stevenson é, nas palavras do romancista inglês John Fowles “o guia por excelência da Era Vitoriana”, dada a sua capacidade de refletir a fragmentação do homo oeconomicus perante as labirínticas questões postadas pelo cenário finissecular. Por esta razão, além de se colocar como um representante da revitalização da literatura gótica em fins do século XIX ao lado de Drácula e do próprio O retrato de Dorian Gray, Dr Jekyll e Mr Hyde também demonstra como o Decadentismo encontrou suas primeiras manifestações na prosa da literatura inglesa vitoriana vindo a se tornar mais uma fonte de influência para Oscar Wilde.”  […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: