O mito de Fausto e Mefisto na literatura de horror contemporânea: os demônios pós-modernos em “Hellbound Heart”, de Clive Barker (Newton Ribeiro Rocha Jr)

“O mito de Mefisto e Fausto, perpetuado na literatura através das obras de Marlowe e Goethe, revela a complexa relação entre o homem e o mal através das complexidades do pacto maligno. A literatura de horror contemporânea desenvolve-se em sob a sombra da narrativa faustiana, reformulando o pacto maligno e redefinindo o papel de Mefisto em novas representações do mal que refletem as mudanças do pensamento contemporâneo. Clive Barker, um dos mais influentes e importantes autores da literatura de horror contemporânea, recria o drama de Fausto em “Hellbound Heart”, apresentando os Cenobitas; Mefistos andróginos pós-modernos que seduzem através da própria perversão de Faustos contemporâneos em busca de prazeres proibidos. Ao invés de conhecimento da realidade, os Faustos de Clive Barker buscam a realização de todos seus prazeres sensoriais, fascinados pela amoralidade dos Cenobitas.”

Leia o ensaio completo

Anúncios

Sobre William Wilson

"Eu descendo de uma raça que se distinguiu, em todos os tempos, por um temperamento criativo e facilmente irritável; e que, desde a minha infância, provou que eu herdara por completo o caráter de minha família." Ver todos os artigos de William Wilson

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: