Sob o estigma da bruxa: o medo e o sobrenatural em “A Feiticeira”, de Inglês de Sousa (Raphael da Silva Camara)

Witches'Familiars1579“(…) A bruxa esteve no imaginário ocidental durante um longo período de tempo, como uma figura monstruosa e profana, ligada a rituais mágicos e ao demônio. Entre os séculos XIV e XVII, o Ocidente sofria com as guerras, a violência, a escassez de alimentos e principalmente com a peste negra, tornando-se angustiada, impotente e enferma. Tais atrocidades, no pensamento do homem medieval e da religião, eram provocadas pela ira divina, buscando punir a humanidade por seus pecados. Logo, era necessário apontar e penitenciar os agentes de satã, verdadeiros culpados que comprometiam a segurança da comunidade, para que a mesma não viesse a sofrer novamente.(…)”

Leia o ensaio completo

Anúncios

Sobre William Wilson

"Eu descendo de uma raça que se distinguiu, em todos os tempos, por um temperamento criativo e facilmente irritável; e que, desde a minha infância, provou que eu herdara por completo o caráter de minha família." Ver todos os artigos de William Wilson

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: