A monstruosidade de Ângela: As macabras personagens femininas de Álvares de Azevedo (Karla Menezes Lopes Niels)

Jacek Malczewski Medusa Meduza“Cenas, personagens e descrições repugnantes, que giram em torno da morte e do macabro, estão presentes em algumas das obras de Manuel Antônio Álvares de Azevedo. Nessas obras, Álvares de Azevedo constrói personagens, como a Ângela de “Bertram”, que destacam um lado macabro da mulher e proporcionam um prazer estético peculiar. Mostramos, neste artigo, como através de algumas de suas personagens, o autor tematiza vários tabus: o assassinato, o suicídio, o infanticídio, a traição, o incesto e o fratricídio e, assim, marca a presença do macabro em sua literatura. Refletindo sobre o efeito estético causado pelas descrições e pelas ações dessas personagens, e tomando por base os conceitos de terror, horror e repulsa postulados por Stephen King, o trabalho propõe analisar as personagens femininas nas obras O Conde Lopo, Macário e Noite na Taverna, narrativas de três diferentes gêneros que se aproximam não só pela temática, mas também pela construção dos seus personagens.”

Leia o ensaio completo

Anúncios

Sobre William Wilson

"Eu descendo de uma raça que se distinguiu, em todos os tempos, por um temperamento criativo e facilmente irritável; e que, desde a minha infância, provou que eu herdara por completo o caráter de minha família." Ver todos os artigos de William Wilson

Uma resposta para “A monstruosidade de Ângela: As macabras personagens femininas de Álvares de Azevedo (Karla Menezes Lopes Niels)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: