A estranha cavalgada de Ivan Palinsky (Amândio Sobral)

“(…) Petrovitch, com os olhos horrendamente luminosos, tre­pado num tronco de pinheiro aGug_by_nJoobatido, tirou o pesado capote de gabardine e o barretão de ‘astrakan’. Enormes orelhas de lince caracal saiam-lhe do crânio. As mãos alongaram-se e garras potentes de felino distenderam-se ameaçadoras. Depois soltou um miado-uivo horrendo, que ecoou nas cortinas da bruma fazendo-me arrepiar de susto. Uma cauda surgiu-lhe de sob as abas do ‘dolman’ – Oh! Jesus! Estaria eu sonhando? (…)”

Leia aqui o conto completo

Anúncios

Sobre William Wilson

"Eu descendo de uma raça que se distinguiu, em todos os tempos, por um temperamento criativo e facilmente irritável; e que, desde a minha infância, provou que eu herdara por completo o caráter de minha família." Ver todos os artigos de William Wilson

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: