Ambiguidade e terror em “Outra volta do parafuso” (Ana Paula A. Santos)

turn-of-the-screw-cover-detail“(…) Carrol também diz que as histórias de casas malignas ‘são, em geral, assombradas pelos pecados de seus antigos moradores. Ou seja, essas histórias envolvem uma narrativa de repetição baseada na reencenação de um passado totalmente repugnante’. Ora, Bly é, senão, um lugar assombrado por moradores antigos da propriedade que morreram tragicamente e que, segundo a preceptora, única capaz de notá-los, estão atrás de algum tipo de vingança ou compensação. Os mistérios que envolvem a casa são tantos que ela se torna abominável para nós, que desconfiamos de sua segurança. E, se admitimos que uma casa deve ser um lugar onde nos sintamos protegidos, a casa de Bly está bem longe disso com seus segredos do passado revivido e terríveis fantasmas que aparecem repentinamente para assombrar os moradores. (…)”

Leia o ensaio completo

Anúncios

Sobre William Wilson

"Eu descendo de uma raça que se distinguiu, em todos os tempos, por um temperamento criativo e facilmente irritável; e que, desde a minha infância, provou que eu herdara por completo o caráter de minha família." Ver todos os artigos de William Wilson

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: