O coração denunciador (Edgar Allan Poe)

”Depois de ter esperado pacientemente por horas, mesmo sem ouvi-lo tumblr_m3oscuyxld1rvrvawo1_500deitar-se, eu decidi abrir a porta, deixando passar um pequeno, um minúsculo raio de luz. Então, eu a abri – vocês não imaginam o quão cuidadoso, o quão cuidadoso eu fui –  até que finalmente um único e opaco raio, como um fio de teia de aranha, iluminou bem em cima daquele olho de abutre.”

Leia aqui o conto completo, em inglês

Anúncios

Sobre William Wilson

"Eu descendo de uma raça que se distinguiu, em todos os tempos, por um temperamento criativo e facilmente irritável; e que, desde a minha infância, provou que eu herdara por completo o caráter de minha família." Ver todos os artigos de William Wilson

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: